Linha de crédito do Santander antecipa até 100% da restituição do Imposto de Renda

Deixamos este artigo pronto pra você usar. Basta fazer o download ou compartilhar. :)

  • Valor é creditado no mesmo dia da contratação, que pode ser feita pelos clientes via APP Santander, Internet Banking, caixas eletrônicos, Central de Atendimento e agências

São Paulo, 04 de março de 2020

Clientes do Santander já podem antecipar o valor da restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) a partir desta segunda-feira, 02 de março, quando a Receita Federal começa a receber as declarações dos contribuintes

A linha de crédito do Santander oferece taxas a partir de 1,69% ao mês e variam conforme o perfil do cliente, que tem a opção de antecipar até 100% do total a ser restituído. O valor é creditado em conta corrente no mesmo dia da contratação do financiamento.

A linha de crédito pode ser solicitada pelo APP Santander, Internet Banking, Central de Atendimento, ou pessoalmente nas agências apresentando a declaração do imposto de renda. O prazo para solicitar é 30 de outubro.

O contrato é liquidado automaticamente, na data em que a Receita Federal creditar o valor da restituição na conta do cliente. Para o contribuinte que eventualmente não receber até o último lote, a data será 20 de dezembro.

Sobre o Santander Brasil

O Santander Brasil iniciou suas atividades no País em 1982 e, entre fusões e aquisições de mais de 70 bancos, criou estruturas competitivas de Atacado e Varejo. É parte do Grupo Santander, maior banco da zona do euro em valor de mercado, com presença relevante em 10 países-chave da Europa e da América. Única instituição financeira internacional com forte presença no Brasil, conta com mais de 47 mil funcionários, mais de 3,8 mil agências e Postos de Atendimento Bancários (PABs), aproximadamente 37 mil terminais de autoatendimento, além de escritórios regionais para atender a mais de 26 milhões de clientes ativos. Eleito o banco mais sustentável do ano pelo Guia Exame de Sustentabilidade em 2019, o Santander Brasil busca promover, cada vez mais, negócios inclusivos e ambientalmente responsáveis.

Área restrita