Santander adere ao Compromisso Coletivo de Ação pelo Clima para acelerar a transição do setor financeiro para a economia de baixo carbono

Deixamos este artigo pronto pra você usar. Basta fazer o download ou compartilhar. :)

  • Iniciativa conta com 31 bancos signatários dos Princípios do Banco Responsável, que administram US$ 13 trilhões em ativos. Santander é o único com presença no varejo brasileiro

Nova York, 23 de setembro de 2019

Na sequência do lançamento, ontem, dos Princípios do Banco Responsável, o Santander se uniu a outras 30 instituições financeiras signatárias deste acordo para anunciar o Compromisso Coletivo de Ação pelo Clima. O objetivo é avançar e dar passos tangíveis em direção ao alinhamento de seus negócios aos objetivos climáticos internacionais. O Santander é o único da lista com presença no varejo bancário brasileiro.

O Compromisso Coletivo de Ação pelo Clima estabelece ações concretas, sujeitas a prazos determinados, para os bancos envolvidos aumentarem sua contribuição à luta contra as mudanças climáticas e alinharem suas carteiras aos objetivos do Acordo de Paris sobre o Clima. Estas iniciativas incluem:

  • Ajustar suas carteiras de crédito de forma a financiar uma economia de baixo carbono, resistente às mudanças climáticas e necessária para limitar o aquecimento global a um nível substancialmente inferior a 2°C, com a ambição de chegar a 1,5°C.
  • Adotar medidas concretas, em menos de um ano a partir da adesão ao Compromisso, e utilizar seus produtos, serviços e relacionamento com clientes para facilitar a transição econômica requerida para alcançar a neutralidade climática.
  • Assumir publicamente a responsabilidade de seu impacto no clima e de seu progresso no cumprimento destes compromissos.

A presidente do Grupo Santander, Ana Botin, afirma: “estamos muito orgulhosos de sermos um dos fundadores dos Princípios do Banco Responsável das Nações Unidas e de nos unirmos ao Compromisso Coletivo de Ação pelo Clima para ajudar a alcançar os objetivos estabelecidos no Acordo de Paris. Todos nós – empresas, governos e indivíduos – temos a obrigação de contribuir para superar os desafios globais enfrentados hoje, e o clima é um dos mais importantes. Para ter um impacto duradouro nas comunidades e no meio ambiente, cada entidade financeira deve unir-se ao esforço comum de mobilização de recursos do setor.”

O Compromisso Coletivo de Ação pelo Clima é, até aqui, o acordo de maior alcance para engajar o setor financeiro na luta contra as mudanças climáticas. O texto completo e a lista de bancos participantes podem ser conferidos neste link.

O Santander é um dos membros fundadores dos Princípios do Banco Responsável e da Iniciativa de Finanças do Programa de Meio Ambiente da ONU (UNEP FI). O banco está incluído em outros índices que analisam e avaliam os esforços das empresas listadas em Bolsa com relação à sustentabilidade, como o FTSE4Good e o Bloomberg Gender-Equality Index

Área restrita