Santander adere ao movimento Estímulo 2020

Deixamos este artigo pronto pra você usar. Basta fazer o download ou compartilhar. :)

  • Banco doa R$ 10 milhões para viabilizar oferta de crédito a PMEs do estado de São Paulo

São Paulo, 19 de agosto de 2020

O Santander Brasil é o mais novo integrante do movimento Estímulo 2020, associação sem fins lucrativos que reúne executivos, empresários e instituições interessados em apoiar pequenos empreendedores impactados pelo cenário econômico atual. O banco fez um aporte de R$ 10 milhões à plataforma, que será responsável por selecionar negócios do estado de São Paulo que terão acesso aos recursos na forma de empréstimos.

Para se candidatar ao crédito oferecido a partir da tranche do Santander, os responsáveis pelas empresas deverão se inscrever no site www.estimulo2020.org. Os pedidos serão limitados ao valor equivalente um mês de faturamento (pré-pandemia), com carência de três meses, prazo de até 15 meses para pagar e taxa de juros de 6,55% ao ano.

Após o cadastro, os empreendedores assistirão a videoaulas sobre temas como gestão de negócios e de fluxo de caixa. Em seguida, vão responder a um teste que confirmará sua participação nesta etapa de capacitação. Outros critérios para a seleção dos beneficiados serão o faturamento no último ano, que deve estar na faixa de R$ 360 mil a R$ 2 milhões, e o setor de atuação, com preferência para os mais sensíveis ao momento atual. Uma vez aprovado, o crédito será depositado em uma conta do Santander.

“É nosso papel, como banco, explorar todas as formas de apoio que pudermos oferecer aos pequenos negócios do País. Embora sejam grandes geradores de emprego e renda, esses empreendedores são também os mais sujeitos aos desafios deste momento que atravessamos. Iniciativas desta natureza têm um efeito multiplicador muito importante, porque seus benefícios tendem a permear todo o tecido social brasileiro”, afirma Sérgio Rial, presidente do Santander Brasil.

Lançado em 1º de maio em São Paulo, o Estímulo 2020, primeiro fundo 100% privado do Brasil de apoio aos pequenos negócios, entra em seu quarto mês de vida com mais de 500 empréstimos concedidos e R$ 140 milhões levantados. Com oportunidades para pequenas empresas do São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, o projeto já recebeu cerca de 16 mil pedidos de crédito, totalizando 7 bilhões de reais. Com a expansão para o Rio e o reforço do Santander para São Paulo, a expectativa é manter o fluxo de recursos disponível enquanto perdurarem os efeitos da crise.

O projeto reúne executivos, empresários, artistas, empreendedores sociais e empresas que contribuíram com os recursos financeiros e oferecem gratuitamente todos os conteúdos de mentoria e capacitação, em temas como Educação Financeira, Gestão, Empreendedorismo e Inovação, entre outros.

“É uma honra contar com o apoio e a confiança do Santander em nosso modelo. Como primeiro relief fund brasileiro, a ideia do Estímulo 2020 sempre foi justamente essa: unir todos aqueles que sabem que a força da nossa economia está nessas empresas, que geram empregos e renda para a população. Fico muito feliz por termos tido o pioneirismo nesse tipo de iniciativa, que foi abraçada por inúmeros parceiros em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. A chegada do Santander, com toda a sua capacidade de mobilização e capilaridade, vai dar um impulso adicional à iniciativa, beneficiando quem mais precisa e fazendo o dinheiro chegar rapidamente na mão dos pequenos empreendedores”, afirma Eduardo Mufarej, do fundo de investimentos de impacto GK Ventures, idealizador do projeto.

Área restrita