Santander contrata e capacita pessoas com deficiência em TI sem experiência

Deixamos este artigo pronto pra você usar. Basta fazer o download ou compartilhar. :)

  • São 60 vagas para contratação e capacitação de PCDs sem experiência para atuar com tecnologia
  • Inscrições podem ser realizadas pelo link até dia 30 de abril

São Paulo, 14 de abril de 2021

O Santander Brasil abre 60 vagas para contratação e capacitação de pessoas com deficiência (PCD) sem experiência para atuar na área de Tecnologia em seus escritórios localizados na capital paulista. Os interessados podem realizar o cadastro por meio do site até dia 30 de abril.

“Nosso objetivo é conceder toda a formação para os futuros profissionais que atuarão nas diversas áreas de Tecnologia. Sabemos que a digitalização, principalmente no mercado financeiro, é uma tendência sem volta, e o Santander está investindo bastante nesse movimento”, afirma Americo Coltacci Filho, executivo responsável por Infraestrutura e Produção da Santander Tecnologia, braço de TI do Banco.

Os treinamentos serão realizados com foco em programação e desenvolvimento para back-end e front-end. A parte prática da formação se dará no dia a dia, já como funcionários da Santander Tecnologia e Inovação. “Nós enxergamos as competências dessas pessoas além de suas deficiências”, ressalta Bruno Scaldaferri, superintendente de Diversidade e Inclusão do Santander Brasil. A instituição financeira mantém o firme compromisso com o progresso e com o crescimento inclusivo e sustentável e adota ações de diversidades em em cinco frentes: pessoas com deficiências, mulheres, negros, LGBTQIA+, Gerações e Formações.

Live

Nesta quarta (14), a partir das 18h30, o Santander promoverá a live “Oportunidades sem limites: Buscando excelência no mercado de TI” no seu canal do YouTube. Na ocasião serão discutidas a importância do investimento em qualificação para gerar novas oportunidades; quais são as divisões em TI no Santander e principais funções; tendência no mercado de TI, qual o perfil do profissional de TI do presente e do futuro, qualificação necessária e áreas que mais geram oportunidades e detalhes para as vagas no Banco.

Além de Scaldaferri e Coltacci Filho, haverá a participação dos executivos do Banco Arlete Stahl – IT head de Governança e Qualidade Tecnológica, Margarida Veiga – executiva sênior de TI (Serviços Centrais e Seguros) e Ricardo Shogi Kulino – engenheiro de TI em qualidade e governança. A participação é aberta a todos os interessados em ingressar nesse mercado.

Área restrita