Santander corta taxa do crédito imobiliário para 7,99% ao ano

Deixamos este artigo pronto pra você usar. Basta fazer o download ou compartilhar. :)

Cliente que contratar financiamento com o Banco no período da ação levará para casa uma geladeira da Magazine Luiza

Em filme que será veiculado a partir de hoje à noite na tevê, Luiza Trajano anunciará o juro mais baixo do Brasil na modalidade

O Santander Brasil anuncia hoje a redução da taxa do crédito imobiliário do atual nível de 8,99% para 7,99% ao ano, mais a taxa referencial (TR), em até 35 anos. As novas condições serão válidas para todos os consumidores a partir de amanhã, nas modalidades SFI e SFH (Sistema Financeiro Imobiliário e Sistema Financeiro de Habitação) e irão vigorar durante os 60 dias de duração da campanha.

Os clientes que contratarem crédito imobiliário a partir de propostas cadastradas e aprovadas dentro do período promocional irão levar para casa uma geladeira da rede varejista Magazine Luiza, que celebrou uma parceria inédita com o Banco: Luiza Trajano, presidente do Conselho de Administração da empresa, será a estrela do filme publicitário e anunciará a ação.

“Mais uma vez, queremos liderar o movimento de retomada do mercado imobiliário, oferecendo melhores condições aos consumidores”, afirma José Roberto Machado, diretor-executivo de Pessoa Física do Santander Brasil. “Além de ser um dos momentos mais importantes na vida das pessoas, a compra da casa própria gera impactos positivos para diferentes setores da atividade econômica, o que explica nossa parceria com uma das maiores varejistas do País”.

Para contratar o crédito imobiliário com a nova taxa, é necessário ser cliente pessoa física Santander com relacionamento e optar pelo pagamento do financiamento em parcelas atualizáveis (SAC).

Nestas condições, o Banco financia até 80% da aquisição de imóveis novos e usados com valores a partir de R$ 90 mil, em até 35 anos. A renda mínima necessária é de R$ 2,5 mil (composta, sem necessidade de comprovação de parentesco ou casamento) e o comprometimento com o financiamento deverá ficar entre 30% e 35% (de acordo com a análise de crédito).

Gustavo Alejo, diretor de Produtos de Crédito para Pessoa Física do Santander, lembra que o Banco foi o primeiro a baixar os juros para a casa de um dígito, em 2017, e no ano passado deu início a um novo reposicionamento das taxas, ao cortá-las para 8,99% ao ano. “Ao assumir esse protagonismo, avançamos no sentido de democratizar o crédito imobiliário e reafirmamos nosso apoio ao cliente em todas as etapas de sua vida financeira”, explica o executivo.

“Fomos pioneiros também ao digitalizar todas as etapas do processo de contratação do crédito imobiliário, de modo que o cliente só precisa fazer a assinatura do contrato na agência”, complementa o superintendente-executivo de Negócios Imobiliários do Santander, Paulo Duailibi. “As ferramentas digitais já são responsáveis por mais de 10% dos financiamentos que fechamos hoje, e essa participação tende a se ampliar cada vez mais.”

Campanha
A partir de hoje à noite, no intervalo do Jornal Nacional, na Globo, Luiza Trajano aparecerá em dois filmes gravados entre uma loja da rede Magazine Luiza e uma agência do Santander. Caberá à empresária anunciar a nova taxa de financiamento imobiliário e garantir que o cliente levará para casa uma geladeira, entregue pela varejista, após contratar o crédito dentro das condições promocionais.

Em um dos filmes, Luiza faz referência ao slogan da varejista, fazendo referência à parceria com o Banco: “A gente sempre diz ‘vem ser feliz’, e eu tô aqui para dizer: ‘vem ser feliz com o Santander também”.

“Precisávamos de alguém com empatia e reconhecimento popular suficientes para despertar pessoas que sequer imaginavam ser viável realizar o sonho da casa própria”, conta Igor Puga, diretor de Marca e Marketing do Santander. “Luiza Trajano se comunica com esse público, e também com formadores de opinião e influenciadores, por sua atuação no projeto Mulheres do Brasil, que discute temas como educação, empreendedorismo e incentiva o protagonismo feminino na sociedade”.

A campanha publicitária foi desenvolvida pela agência Suno e inclui, além do filme que será veiculado na tevê e nos meios digitais, peças out-of-home (painéis em relógios de rua e pontos de ônibus).

Área restrita