Santander estreia operações de agência voltada ao atendimento de empresas em Sombrio

Deixamos este artigo pronto pra você usar. Basta fazer o download ou compartilhar. :)

Banco abre primeiro espaço na cidade com atendimento gerencial aos empreendedores da região

O Santander acaba de inaugurar as atividades da primeira loja vocacionada ao atendimento de clientes pessoas jurídicas na cidade de Sombrio, no extremo Sul de Santa Catarina. Os diversos empreendedores da região – desde o microempreendedor até o empresário de grande porte – receberão atendimento exclusivo e especializado. O espaço de negócios fica na avenida Nereu Ramos, 494, no centro da cidade.

“Sombrio não poderia ficar de fora do nosso plano de expansão. A cidade possui um potencial comercial enorme: há muitas empresas de confecções profissionais e familiares; fabricantes de calçados; cerâmicas; móveis, além de se destacar no setor de alimentos e agropecuária. Ainda possui dois centros atacadistas que são referência para os lojistas da região e de cidades do interior do Estado”, informa Luis Ricardo de Souza, superintendente executivo da Rede Sul no Santander Brasil.

Na loja, o atendimento será somente gerencial, das 09h às 18h. A presença do banco em Sombrio busca proporcionar ao mercado local a oferta de produtos e serviços bancários voltados para as empresas, como linhas de financiamento para investimentos e capital de giro, soluções financeiras para pagamento e recebimento, cartões de crédito, Prospera Santander Microcrédito, e serviços de adquirência, via Getnet.

“O time dessa nova agência está preparado para contribuir com soluções inovadoras para quem necessita de crédito e também realizar investimentos. Além de estarem alinhados à nossa missão de apoiar os negócios e as pessoas a prosperarem”, ressalta o diretor de Empresas e Governos & Instituições do Santander Brasil, Cassio Schmitt.

O Santander Brasil tem se destacado e é um dos líderes em financiamento a PMEs no País. Registra crescimento de 8,7% em sua carteira de crédito para o segmento nos últimos 12 meses até março, quando o montante somou R$ 35,839 bilhões.

Área restrita