Santander lança linhas de capital de giro com garantia de carro e imóvel de terceiros

Deixamos este artigo pronto pra você usar. Basta fazer o download ou compartilhar. :)

  • Novas possibilidades de crédito têm planos de pagamento e carência ampliados e visam dar fôlego financeiro a empresas de todos os portes
  • Iniciativa do Santander pode ser alternativa para clientes PJ que não se enquadram na linha do Pronampe

São Paulo, 23 de junho de 2021

O Santander lança duas linhas de crédito voltadas especificamente para capital de giro, com uma novidade: para assegurar as melhores condições do mercado, o cliente poderá oferecer como garantia um imóvel ou automóvel, inclusive em nome de terceiros. A novidade chega ao mercado como uma alternativa para empresas, inclusive para as que não se enquadram nas regras do Pronampe – o programa de apoio a PMEs Micro e Pequenas Empresas do governo federal – ou que necessitam de mais recursos ou prazos maiores para pagamento.

São dois novos produtos aos quais o empresário já pode recorrer para garantir um fôlego financeiro e manter o funcionamento da sua empresa. O “Use Carro PJ” é uma linha de crédito em que, como o próprio nome diz, um automóvel é dado como garantia, mesmo que o bem não pertença à empresa, podendo até mesmo ser de uma pessoa física, como o proprietário da empresa ou familiar. A linha está disponível para todas empresas de varejo e de qualquer porte. Os planos de pagamento são de até 60 meses e o contratante tem até 179 dias para começar a pagar as parcelas de principal. As taxas são pré-fixadas a partir de 1,20% ao mês. O veículo não pode ter pendências administrativas, como multas em aberto, IPVA e licenciamento.

Outra novidade é a linha “Giro Imóvel PJ”, que possibilita à empresa um plano de pagamento com o dobro do prazo e da carência. É possível escolher planos de pagamento de até 120 parcelas (10 anos) e carência de até 359 dias (1 ano). As taxas também são a partir de 1,20% ao mês. O imóvel pode ser próprio ou de terceiros, e o valor máximo do crédito a ser adquirido pode chegar a 60% do valor venal do bem. Diferentemente da linha “Use Carro PJ”, que pode ser adquirida por clientes PJ de qualquer tamanho, o “Giro Imóvel PJ” é voltado a empresas cujo faturamento anual bruto esteja entre R$ 3 milhões e 30 milhões. No caso do imóvel, o bem precisa estar quitado e não ter débitos de IPTU. O Santander planeja ainda no segundo semestre expandir esta linha para todos os faturamentos.

Além disso, o Santander lança uma linha para a empresa que está precisando renegociar seu crédito, o “Garagem Santander”, que permite juntar todos os compromissos em um única parcela mensal, dividido em até 60 meses e com até 179 dias para pagamento da primeira parcela de principal. Trazendo um veículo próprio ou de terceiros como garantia da operação, a empresa conta com taxas competitivas e possibilidade de além de renegociar a sua dívida conseguir um dinheiro extra para ajuda-lo neste momento.

Cassio Schmitt, diretor de Produtos de Crédito do Santander, explica que as novas linhas complementam a oferta do Pronampe, de forma que todas as empresas encontrem no banco a solução de crédito adequada ao seu porte e necessidades. “O Pronampe é uma linha muito interessante para Micro e Pequenas Empresas, e limitada a R$ 150 mil. Com o ´Use Carro’, oferecemos uma alternativa para empresas de todos os tamanhos, enquanto o ´Giro Imóveis´ contempla clientes com faturamento anual acima de R$ 3 milhões”, afirma.

Segundo o executivo, o Santander reforça sua disposição de dar mais fôlego financeiro aos clientes, desde o início da pandemia, como provedor de soluções competitivas no setor bancário. “O Santander segue empenhado e comprometido em acompanhar de perto a situação dos clientes para encontrar alternativas que beneficiem todos os perfis de negócios”, completa.

Área restrita