Santander participa da primeira feira agrícola 100% digital do País, a Agrotins

Deixamos este artigo pronto pra você usar. Basta fazer o download ou compartilhar. :)

  • Banco acompanha movimento do setor em viabilizar negócios durante período de pandemia de covid-19

São Paulo, 28 de maio de 2020

O Santander participa da primeira feira agrícola 100% virtual do País, a Feira Agrotecnológica do Tocantins (Agrotins), que acontece até a sexta-feira (29). No site do evento (www.agrotins.to.gov.br), a instituição financeira tem seu “estande virtual” no link Expositores > Bancos. No espaço online, o Banco publicou seus principais contatos no Estado, além do site www.santander.com.br/agronegocio, no qual o produtor rural tem acesso aos diversos serviços financeiros oferecidos pela instituição.

“Estamos diante de um singular momento para o mundo: o distanciamento social continuará sendo adotado e as formas de relacionamento terão que ser reinventadas. Participar da Agrotins 100% Digital é uma maneira do Banco se adaptar à nova realidade, sem deixar de atender às necessidades do produtor rural”, afirma Paulo Bertolane, superintendente executivo de Agronegócios do Santander Brasil. O executivo também reconhece a iniciativa dos organizadores da feira. “A Agrotins pode ser um exemplo de como não interromper os negócios e as feiras agrícolas nesse tempo de pandemia de covid-19. Sempre se fala que o agronegócio precisa evoluir cada vez mais na adoção de tecnologia e esse movimento é mais uma inovação e ineditismo do setor. E nós vamos acompanhar essa tendência”, ressaltou.

A instituição financeira continua confiante no bom desempenho do agronegócio nacional com um novo ano de safra recorde de grãos, preços firmes e margens positivas para o produtor rural. Desde 2016, o Santander vem reforçando a estrutura de atendimento ao setor e é o Banco que mais cresce na concessão de crédito ao segmento.

A carteira de crédito ampliada (que considera Recursos Obrigatórios e Livres, BNDES, Funcafé e os títulos CPR e CDCA) do Banco ao agronegócio chegou a R$ 20 bilhões ao final de 2019, crescimento de 22,5% ante 2018 (R$ 16,325 bilhões). Até março, o montante passa os R$ 21 bilhões, com avanço de 23% na mesma base de comparação.

Possui ampla oferta de produtos e serviços financeiros e não-financeiros para o atendimento dos clientes, como financiamentos, seguros e adquirência Getnet. Também tem investido em espaço de negócios físicos que tem vocação comercial para o segmento, as Lojas Agro, que utiliza de soluções digitais e não há transações em espécie. Já são 39 Lojas Agro nas diversas regiões agropecuárias do País (segue lista abaixo). “É um modelo de negócios com ótima receptividade que traz um ambiente seguro totalmente voltado ao atendimento dos clientes”, ressalta Bertolane, que confirma para os próximos dias a abertura da 40ª loja, em Campo Verde (MT).

Lojas Agro do Santander Brasil

Goiás: Cristalina, Posse, Mineiros, Porangatu, Quirinópolis

Maranhão: Balsas

Mato Grosso: Campo Novo do Parecis, Canarana, Primavera do Leste, Alta Floresta, Nova Mutum, Cáceres, Juara, Querência, Pontes e Lacerda, Diamantino

Mato Grosso do Sul: Naviraí, Maracaju, Chapadão do Sul, São Gabriel D’Oeste, Rio Brilhante, Sidrolândia

Minas Gerais: Unaí, Monte Carmelo, João Pinheiro

Pará: Paragominas, Redenção

Paraná: Cianorte, Pato Branco, Marechal Cândido Rondon, Santo Antônio da Platina, Ivaiporã

Piauí: Bom Jesus

Rio Grande do Sul: Frederico Westphalen, Sarandi, Ibirubá

Rondônia: Vilhena

Santa Catarina: Campos Novos

Tocantins: Gurupi

Área restrita